UM MOVIMENTO EM MARCHA

A CIDADANIA NA RUA!

Assine a nossa NEWSLETTER.






  /  Comunicados   /  10 Dez: Dia Internacional dos Direitos Humanos
Dia-Internacional-dos-Direitos-Humanos

10 Dez: Dia Internacional dos Direitos Humanos

No dia 10 de dezembro celebra-se o Dia Internacional dos Direitos Humanos, data escolhida para assinalar o dia em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou, em 1948, a Declaração Universal dos Direito do Homem (DUDH). Compete-nos a todas e a todos continuar a alertar e a combater todas as formas de incumprimento da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A Plataforma Já Marchavas apresenta-se mais uma vez com o propósito de ser mais um agente empenhado na construção, promoção e proteção desses Direitos. Quinta-feira, dia 10 de dezembro, esta Plataforma, que se assume como um movimento de cidadãs e cidadãos e de coletivos unidos na luta feminista, LGBTI+, antirracista, antifascista, ecologista e que promove a democracia, a inclusão e a participação deveria reunir-se na Praça da República (Rossio) em Viseu para proceder à retirada do memorial lá instalado no dia 25 de novembro, como forma de homenagear as mulheres assassinadas durante o ano de 2020 assinalando desta forma o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Acontece que o exercício de alguns dos mais básicos Direitos Humanos consagrados na Declaração nos foram negados e não nos vai ser possível assinalar o dia como inicialmente imaginámos. A instalação denominada de “O Estendal” colocada às 18h do dia 25 de novembro no Rossio foi retirada pelo Município de Viseu na manhã do dia 26 sem qualquer comunicação prévia, não nos permitindo cumprir os 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres. Relembramos que os Direitos das Mulheres são Direitos Humanos e que a Câmara Municipal de Viseu silenciou e vitimizou duplamente aquelas 30 mulheres a quem já tudo lhes tinha sido retirado, inclusive a VIDA.

Posto isto, reinventamo-nos e como forma de homenagear o documento fundamental relativo aos Direitos Humanos, será colocada no Rossio, às 14H00 de dia 10 de dezembro, uma nova instalação que não vai permitir que nenhuma violação aos direitos humanos seja esquecida.

A Plataforma Já Marchavas informa ainda que requeremos ao Presidente da Câmara Municipal de Viseu uma audiência, manifestando interesse e receptividade em dialogar com o Município, para a reunir esforços para o objetivo comum: contribuir para uma melhor qualidade de vida e cidadania, construindo Viseu como a melhor cidade para viver.

Manifesto: https://is.gd/mZfckR 

Evento: https://fb.me/e/10wJDvaCF

Todos os Direitos Reservados – 2019

Plataforma Já Marchavas

marchaviseu@gmail.com